01ABR16 | Black Jellies no Adega Bar 1987



Os Black Jellies cruzaram caminhos e decidiram iniciar um novo percurso todos juntos em 2011. Desde o inicio que tem sido feito a muito custo, sobrevivendo a algumas adversidades, mas que, ao fim de contas, se tornaram um incentivo a criar novas conceções acerca daquilo que é construir algo novo, em grupo, e senti-lo de uma forma honesta e verdadeira. Foram estas adversidades que foram sentidas, enquanto banda, que tornaram os Black Jellies naquilo que são hoje, uma grupo de pessoas que, focando-se na, muitas vezes, abismal diferença de gostos e opiniões entre todos, procurando pontos em comum que possam trazer algo novo ao projeto, algo que ainda não tenha sido feito, procurando criar aquilo que, no fundo, já tinha sido projetado no interior de cada um dos membros, embora de formas diferentes na sua expressão.

As canções dos Black Jellies refletem aquilo que são as vivências de um povo que se tenta adaptar a um mundo em constante mudança, recorrendo muitas vezes ao humor e à ironia para chamar a atenção para diversos assuntos que vão contaminando a sociedade portuguesa, e não só… De certa forma, quem ouve os Black Jellies é convidado a fazer uma viagem pelos nossos dias, através do olhar de alguém que vai contando histórias, dando conselhos e trazendo a questionamento certos assuntos que, apesar de cada vez mais falados, vão continuando a ser temas tabu neste século XXI. Tudo isto, assente numa sonoridade muito própria que assume como influências estilos musicais que vão do Rock/Pop ao Blues, passando pela música Indie e algumas notas de Soul.

Membros da banda:

Ana Raquel Soares – Voz

Gonçalo Roblalo – Bateria

João Quintais – Guitarra

Pedro Pessoa – Guitarra baixo

Pedro Santo – Guitarra

Fonte:

http://www.blackjellies.pt/


1 visualização

Acreditar é tornar possível

Os conteúdos do 1717 Acreditar são da responsabilidade de cada um dos seus autores.

1717acreditar@gmail.com

+351 917 624 090

Mafra - Portugal

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon