Efemérides do Concelho de Mafra



28 de Março de 1827 – Toma posse como Vereador da Câmara

Municipal de Mafra, o Capitão Manuel Gomes da Silva Gorjão,

de Paço d’Ilhas, freguesia de Santo Isidoro.

28 de Março de 1883 – A Câmara Municipal de Mafra recebe

um ofício da Junta Geral do Distrito de Lisboa, participando ter

sido aprovado o projecto e orçamento para a construção da

estrada municipal de 1ª classe de Mafra à Encarnação, lanço

do Alto da Picanceira à Encarnação.

28 de Março de 1913 –O Bacharel Baltasar Henrique dos

Santos é nomeado escrivão substituto do notário do 3º Ofício

do Juízo de Direito da comarca de Mafra.

29 de Março de 1722 – Faleceu Pedro de Figueiredo, 6º

Morgado da Lobagueira, morador na freguesia de S. Tiago da

cidade de Lisboa. Tendo feito testamento onde ordenava que

se rezassem por sua alma mil e trezentas missas e pedia para

ser sepultado junto com sua esposa na Ermida de Nossa

Senhora da Encarnação da Lobagueira (actual Encarnação), o

que sucedeu no dia seguinte.

29 de Março de 1905 – O Dr. Júlio Pessanha Vilhegas do Casal

é juiz da comarca de Mafra.

29 de Março de 1913 – O Bacharel José Augusto Afonso é

nomeado notário efectivo da comarca de Mafra.

30 de Março de 1693 – Perante a Câmara Municipal da

Ericeira, que estava reunida em sessão, comparecem os

mestres dos barcos e declaram que pretendem concorrer para

as despesas das obras da reconstrução da Igreja de S. Pedro e

que, assim, tanto eles como os marinheiros dos seus barcos,

por boas e suas livres vontades, se comprometem a levar uma

rede em cada barco, sendo o produto destas redes aplicado

nas despesas com as referidas obras, até estarem concluídas.

30 de Março de 1811 – Morre, no Casal da Cruz das Azenhas

dos Tanoeiros, Manuel Ramos, moleiro e engenheiro

construtor de moinhos de vento.

30 de Março de 1893 – O Rei D. Carlos I visita a carreira de

tiro da Tapada de Mafra.

30 de Março de 1989 – A Mafra-Fm, Cooperativa de

Radiodifusão paga, na Direcção-Geral da Comunicação Social,

a taxa de quinhentos mil escudos pela atribuição do Alvará

relativo ao exercício da actividade de radiodifusão sonora.

31 de Março de 1787 – É passada Carta de Provedor das

Comarcas do Reino do Algarve, ao Bacharel João Pedro Gorjão,

da Quinta dos Chãos, freguesia de Santo Isidoro.

31 de Março de 1825 – Na primeira sala do dossel do

Convento de Mafra, também conhecida por sala da audiência,

tem lugar, na presença do Rei D. João VI, camaristas e

fidalgos da Casa Real, a cerimónia do lava-pés, durante a qual

o Rei lava os pés a 12 pobres e entrega-lhes, no final do

humilde acto, um ramo de flores e uma peça de ouro.

31 de Março de 1933 – Com fins mutualistas, é fundado o

“Grupo 31 de Março da Asseiceira Pequena”.

1 de Abril de 1733 – A nove dos principais mestres das obras,

são entregues, após concurso público, os trabalhos de

elevação das paredes do Convento de Mafra, bem como a

construção de ornatos e colocação de pedras.

1 de Abril de 1951 – O Rei Humberto de Itália visita a quinta

dos Chãos, da freguesia de Santo Isidoro.

1 de Abril de 1965 – Falece, no Livramento, o estimado

professor primário Francisco da Cruz Quintela.

1 de Abril de 1966 – O Major António Vaz Antunes deixa a

Escola Prática de Infantaria, e é nomeado 2º Comandante da

Polícia de Segurança Pública de Macau.

Fonte:

EFEMÉRIDES DO CONCELHO DE MAFRA, UMA RUBRICA COM A

COLABORAÇÃO DE JOÃO LUÍS ALVES FRANCISCO, DAS

AZENHAS DOS TANOEIROS


4 visualizações

Acreditar é tornar possível

Os conteúdos do 1717 Acreditar são da responsabilidade de cada um dos seus autores.

1717acreditar@gmail.com

+351 917 624 090

Mafra - Portugal

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon